Dominus: O RPG Sem mestre para jogos rápidos.

Dominus é um conjunto de regras e tabelas que permite que você faça uma sessão de rpg sem mestre de maneira rápida e descomplicada. Sem preparação, apenas com uma folha de cenário e um dado simples, você pode viver inúmeras aventuras. Criar jogos completamente únicos e compartilhar como e com quem quiser.

E é por isso que fizemos ele para ser livre, e colocamos ele em domínio público (o mais próximo possível disso, que foi o CC4.0-BY). Você pode pegar o modelo no Google Docs e fazer seu próprio jogo: da sua série favorita, do seu livro, do seu cenário de RPG. Tudo que você precisa é preencher algumas tabelas para criar na mente do seu leitor uma visão tangível do universo que você quer apresentar para ele.

O formato é pensado para ser bastante legível tanto no celular, quanto impresso. Se você imprimir frente e verso, ele dobra num panfleto maneiro. Se você quer economizar tinta, imprime só a primeira página (as regras você decora rapidinho). Numa tela de celular, as tabelas ficam numa ordem fácil e você não precisa ficar andando muito no pdf para achar as coisas.

Até agora já temos alguns cenários desenvolvidos (e outros ainda em desenvolvimentos), dá uma olhada:

Confira os jogos e cenários no google drive.

São cenários completamente diferentes entre si, alguns mais ou menos sérios que outros, mas que vocês podem usar como base para ter inspiração para criar seus próprios jogos.

Atualizações:

  • 29/08/2019 -Adicionados “Buffy”, “Friends”, “Galinha Pintadinha”, “Thunder Rangers” e “Arquivo X”.
  • 02/09/2019 – Adicionados “Caverna do Dragão” e “Jiraya”.
  • 25/07/2020 – Removido links que estavam quebrados


15 comentários sobre “Dominus: O RPG Sem mestre para jogos rápidos.

  1. Sucesso para o sistema. Às vezes sinto dificuldade com sistemas genéricos, que são preciosos, mas que sem um cenário claro, ou quando vc precisa de muitos livros para o sistema e muitos para o cenário fica um esquema meio “trabalhoso” demais.
    Baita iniciativa, e o mais legal é já vir com os cenários. Baita sacada!
    Ainda não vou conseguir testá-lo, mas espero que faça sucesso.
    Fiquei especialmente interessado no Vampiro a Milanesa e Um Minuto Para o Fim…

    1. Então, também sinto essa mesma dificuldade, quando estou jogando Bivius (meu outro sistema favorito): com toda a liberdade do mundo, o que escolher para ser A ou B? Com o Dominus acho que a grande sacada que tivemos foi colocar essas palavras e eventos que vão instigando a imaginação e transportando as pessoas para o cenário. Algumas poucas palavras(e um banco de idéias) são suficientes.

      Uma alternativa é usar os livros de cenários extensos como o próprio banco de idéias. Fazer uma lista de lugares e personagens importantes, e jogar o mundo com o que você lembra de lá. Dá pra fazer isso com Arton, Forgotten Realms, etc.

      E se colocar o gameplay do Dominus em algum lugar, me avisa que eu quero ler/ver/ouvir/assistir!

      1. Mais uma vez parabéns pela iniciativa do sistema.
        Eu achei ele simples, mas ao mesmo tempo dá uma margem legal para trabalhar em cima e criar algo maior, como você mesmo disse das listas de lugares e personagens.
        Vou tentar criar algo de Sentai-Power Rangers e CdZ para ele.

  2. Boa noite pessoal! Em primeiro lugar, meus parabéns pela iniciativa de criar conteúdo grátis. Em segundo kkk, eu não conheci o sistema Dominus, mas criei um RPG solo bem simples usando as tabelas. Agora com os arquivos do site vou explorar mais este sistema Dominus.

  3. Eu tenho uma dúvida, com relação as cenas, eu posso inserir Lugares, ou personagens, ou até mesmo eventos que não estão no módulo, ou eu estou limitado apenas a aqueles descritos no cenário?

    1. Opa, Isaaque!

      Então pode sim! Os elementos são para interpretação livre. Você pode usar o banco de idéias para apimentar uma cena, por exemplo, um encontro com um personagem que já saiu no jogo pode ser apimentado fazendo perguntas e usando o banco de ideias.

      Principalmente na hora de trocar de cena, se fizer sentido você ir pra uma outra cena específica (Por exemplo, está numa masmorra e quer continuar nela explorando), não precisa rolar o “lugar”, é só assumir que continuou na masmorra. Dá uma lida nas gameplays do dominus aqui do blog, ou mesmo no youtube, no canal do Titi para teorias e do Felipe Cortês para exemplos de jogatina bem completos!

      Boas jogatinas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.